Notícias e Informativos

Reunião com Mesa Diretora e Representantes da Copasa

  • Fonte: Câmara Municipal
  • Publicado em: 28/04/2020

Nas últimas reuniões da Câmara Municipal de Cachoeira de Minas os vereadores se manifestaram repetidas vezes quanto aos problemas de abastecimento de água na sede do Município.

Foram diversos pronunciamentos dos vereadores requerendo explicações e esclarecimentos da COPASA – MG – concessionária responsável pelo abastecimento de água em nossa cidade, sobre a má qualidade da água (turva), bem como a falta de água em diversos bairros na sede do Município.

Atentos aos problemas e manifestações da população, os vereadores componentes da Mesa Diretora da Câmara Municipal, Vereadores Srs. Paulo Dionísio Filho – Presidente, Vera Lúcia Costa e Silva – Vice-Presidente, e Diogo Augusto Aparecido Ribeiro – Secretário, se reuniram na sede da Câmara Municipal, no dia 28 de abril de 2020 às 14h00, com os representantes da COPASA – MG: Sra. Rosângela Krep (engenheira), Srs. Alexandre Braga e Alessandro Xavier (encarregados de sistema), bem como o técnico químico, Sr. Fagner Moreira.

Na ocasião os representantes da COPASA – MG esclareceram que existem vazamentos não aflorantes na rede de distribuição, fato que pode causar a distribuição intermitente no abastecimento, além de provocar alterações físico-químicas na água, alterando sua coloração. Também informaram que o conjunto moto bomba de captação está em manutenção, o que fez diminuir o volume de água captada e distribuída, sendo necessária a utilização de caminhões tanque para reequilibrar o abastecimento.

Objetivando esclarecer à toda a população, o Presidente da Câmara Municipal – Vereador Paulo Dionísio Filho, requereu aos representantes da COPASA – MG que compareçam na próxima reunião ordinária, que acontecerá no dia 05 de maio de 2020, às 19h00, para explicarem aos cidadãos sobre os problemas que vem ocorrendo no abastecimento de água, bem como exigiu uma pronta solução, pois, conforme estabelece o artigo 22 do Código de Defesa do Consumidor: "os órgãos públicos, por si ou suas empresas, concessionárias, permissionárias ou sob qualquer outra forma de empreendimento, são obrigadas a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos.” Consoante o parágrafo único, “nos casos de descumprimento, total ou parcial, das obrigações referidas neste artigo, serão as pessoas jurídicas compelidas a cumpri-las e a reparar os danos causados, na forma prevista neste Código”.